AGB-Aracaju – Associação dos Geógrafos Brasileiros – Seção Local Aracaju

A Associação dos Geógrafos Brasileiros (AGB) – Seção Local Aracaju/SE, vem a público repudiar a ação bárbara e truculenta dos Agentes do Comando de Operações Especiais da Polícia Rodoviária Federal (PRF), pelo assassinato de Genivaldo de Jesus Santos, morador de Umbaúba/SE na tarde desta quarta-feira (25) na BR 101. O assassinato de Genivaldo revelou para a população brasileira práticas realizadas durante o nazismo na Alemanha, uma vez que a ocorrência comprovada ocorrida no dia 25 passado, teve a performance de crimes praticados durante o nazismo.

A violência há muito vem sendo exercida pela polícia em todo território brasileiro, e ultimamente cada vez mais incentivada pelo Governo Federal, que aplaude e conclama ainda mais truculências. Violência se associa ao autoritarismo, como ações naturalizadas, como formas necessárias nas abordagens de pobres pretos e pretas principalmente, e sem consequências reais. A morte de Genivaldo Santos não é um caso isolado, chacinas têm ocorrido com frequência. Matar transformou-se o jogo primordial para vários policiais que se tornam instrumentos estratégicos para a segregação espacial, no mundo marcado em uma geografia desigual.

O assassinato de Genivaldo de Jesus Santos expõe a barbárie que estamos vivenciando. RESISTIR E LUTAR faz parte do cotidiano dos geógrafos e geógrafas na construção de uma Outra Geografia Possível. A Geografia de espaços Iguais, em contraposição ao espaço da Miséria. Veementemente REPUDIAMOS o bárbaro assassinato de Genivaldo, e nos unimos a todas e todos que LUTAM contra a Barbárie.

POR JUSTIÇA REAL À GENIVALDO – POR JUSTIÇA DE DIREITO à sua Família.

Aracaju – SE, 27 de maio de 2022.

Associação dos Geógrafos Brasileiros (AGB) – Seção Local Aracaju/SE

Fonte: Nando Mota – Desenhos do Nando